sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Turma 8, IBFC: Parabéns pela Formatura!!!!


Parabéns pela Formatura!!!!
Turma 8, IBFC - Instituto Brasileiro Formação e Capacitação.
Próximo sábado, UNIP USP.
26 set 2015.
Grande vitória!!!

Relatório:
Introdução - Algumas reflexões sobre Tecnologia na Escola

Como professor acredito que não haja mais matéria chata. Existe, sim, disciplinas dadas de forma inadequada, desinteressante, sem amor e sem preparação. E, sobretudo, para alunos cujos perfis e potencialidades não são respeitados.

Cada aluno é um universo particular, e cabe ao professor a sensibilidade de fazer dos universos que o cercam um único núcleo participativo, uma galáxia brilhante.

Ele é o catalizador de várias sabedorias individuais. O professor não é mais o único ensinante no púlpito. Ele aprende o tempo todo com os seus alunos. São vários professores numa sala de aula e um coordenador mediador.

Tenho grandes amigos professores que dão disciplinas que seriam áridas para a maioria das pessoas, como microbiologia, nanotecnologia, álgebra, ou matérias técnicas como fusão de materiais, cálculo de fresagem, etc, que conseguem dar aulas interessantes até para leigos, porque amam o que fazem. Têm prazer em transmitir o seu conhecimento. São objetivos e querem ser lembrados. “Querem ser imortais”, como disse o Prof. Sergio Cortella, numa das suas palestras: https://goo.gl/5O35ko

Faço um curso de Música Popular Brasileira dado com maestria pelo prof. Ivan Vilela, na ECA/USP, que contempla mais de 100 alunos jovens na classe, de diversos outros cursos. Poderia parecer um contrassenso imaginar que tanta gente se interessaria pelo assunto nos dias de hoje. Mas, a aula é boa e isso explica o grande interesse.

Um dos muitos livros sugeridos pelo Ivan, sobre o qual redigimos uma resenha, e que fala da importância dos re-significados na Educação é "Notas sobre a experiência e o saber de experiência", de Jorge Larrosa Bondía, Universidade de Barcelona, Espanha, Tradução de João Wanderley Geraldi, Universidade Estadual de Campinas, Departamento de Lingüística. Quem quiser ler em PDF, acesse: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/n19/n19a02.pdf

Também busco entender qual seria a aula mais eficiente resignificando o papel do professor nessa nova era cada vez mais informatizada.
A tecnologia como aliada no conhecimento, e não como inimiga que causa desconcentração, dispersão e evasão dos estudos.

Informação+automática+experiência+vida,
ou vice-versa.

O resultado dessa reflexão com depoimentos de outros professores que venho colhendo estão centralizados nesse link: http://doisdobrasil.com/aula.php. Quem quiser dar o seu depoimento será bem vindo e me ajudará sobremaneira.

Como um profissional que se apaixonou pela tecnologia, e teve a sorte de acompanhar de dentro todas as mudanças da internet desde a sua criação, pude usufruir todos os seus benefícios de uma forma mais eficiente, menos preconceituosa e mais relaxada, sem demonizá-la e muito menos reverenciá-la de forma idiotizada. Sempre admirei os conceitos primordiais, o espírito comunitário original da World Wide Web - www (Rede Mundial de Computadores).

Se antes, nos sentíamos metamorfoses ambulantes, hoje em dia podemos nos considerar metamorfoses sedentárias.

O que me encanta é poder corrigir os erros das palavras diariamente. Se antes, nos sentíamos metamorfoses ambulantes, hoje em dia podemos nos considerar metamorfoses sedentárias, o que é um bem e um mal. Porém, não criaremos limo, se tudo correr bem.

As discussões ideológicas, estéticas, de costumes e valores que daí resulta dão inumeráveis tratados que não vêm ao caso aqui hoje. O certo é que é um processo que só faz ir adiante devastadoramente para alguns.

Em 1990 a Internet começou a alcançar a população mundial. Antes, o domínio era restrito à área militar dos EUA. Neste ano, o engenheiro inglês Tim Bernes-Lee desenvolveu a World Wide Web, possibilitando a utilização de uma interface gráfica e a criação de sites mais dinâmicos e visualmente interessantes. A partir deste momento, a Internet cresceu em ritmo acelerado. Muitos dizem que foi a maior criação tecnológica, depois da televisão na década de 1950.

No Brasil, ela começou a tomar corpo alguns anos mais tarde, no meio da década de 90.

Desde então, a internet interessou-me sobremaneira, pois eu via nela ironicamente uma versão tecnológica do espírito ideológico hippie dos anos 60, onde tudo poderia ser compartilhado de forma democrática.

Porém, como todo avanço tecnológico acontece em tempos de guerra, as grandes descobertas da ciência vêm motivadas por disputas e armadilhas. Havia, então, que se tomar cuidado com a ideologia sub-reptícia e com os riscos que se multiplicaram.

Profissionais da minha faixa etária que demoraram a aceitar ou não se adaptaram às novas plataformas tecnológicas, começaram a sentirem-se segregados do mercado de trabalho, tornando-se muitas vezes frustrados vendo preteridas as suas propostas antigas que antes funcionavam. Na Educação não foi diferente. Alunos e professores estão diante de novos desafios ameaçadores.

As Turmas IBFC - Novos Rumos e Desafios

Nas três turmas do IBFC (Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação) com as quais tive o privilégio de trabalhar (Turma 8, Turma Beta e a Turma 9), independentemente da disciplina ministrada (Informática Básica, Comunicação, Liderança, Marketing Pessoal, Mídias Sociais e Direitos Humanos – Orientação Sexual, Raça, Etnia, Idade, Credo Religioso e Opinião Pública), busquei em todos os momentos registrar todo o processo para que este ficasse como referência permanente para futuros alunos, professores e empregadores - uma vez que o foco da nossa docência é o Mercado de Trabalho, e estes jovens estarão cada vez mais capacitados à consciência de que a vida pública exposta na rede mundial de computadores demanda responsabilidade.

Portanto, acredito quanto mais transparência os processos de aprendizagem a que os nossos alunos são submetidos, mais relevante será a confiança capitalizada sobre eles e sobre o Instituto que os preparou, gerando uma corrente simultânea de parceria entre alunos, família, educadores, empresas e a cadeia produtiva.

Todos lucrarão capacitando e absorvendo profissionais e seres humanos mais bem formados e preparados tecnicamente. Esse é um dos ressentimentos do mercado de trabalho: Qualificação.
A isso – a qualificação – democrática e felizmente, cada vez mais todos terão acesso se quiserem e souberem estudar, inclusive sem precisar mais do professor.

Repertórios Construídos Solidariamente

1. TURMA 8 - Usando a tecnologia como aliada, os alunos da criaram uma série de blogs que estão nesse endereço: http://orquestradetalentos.blogspot.com.br/

São blogs de temas diversos escolhidos pelos alunos com enfoque nas disciplinas dadas em sala de aula. Também tem textos e edições do professor comentando sobre o processo. É um material ativo que sempre poderá ser revisitado e atualizado, onde os alunos podem continuar inserindo conteúdo e mantendo o diálogo entre a turma e seus leitores.

Também foram trazidas palestras com profissionais de várias áreas para contar suas experiências. Tivemos Beto Romero, empresário, técnico e ex-jogador; Cintia Borges, radialista e mestre em Comunicação; e Tato Fischer, pianista, regente, compositor, psicólogo e mágico.

Foram palestras muito ricas de participação e aprendizado. Tudo registrado em fotos e vídeos disponibilizados nos blogs.

A TURMA 8  também criou um grupo fechado no Facebook - “Marketing Pessoal”: https://www.facebook.com/groups/1600647090220656/?fref=ts, que todos os alunos das outras turmas, professores, coordenadores e diretores do IBFC estão convidados a conhecer e  participar.

No momento, a turma se concentra nos preparativos para a sua formatura do dia 26 de setembro de 2015, motivo de grande emoção para todos.

2. TURMA BETA criou trabalhou em equipe, basicamente em 8 grupos,  Para registrar os temas debatidos em sala de aula foram criados blogs nesse endereço: Como as disciplinas foram: Liderança e Motivação e Diversidade Cultural no Mundo do Trabalho os conteúdos versavam sobre assuntos diversos trazidos pelo repertório de cada aluno para a discussão coletiva. http://orquestradetalentosbeta.blogspot.com.br/

Lembrando que esse material pode ser acessado a qualquer momento pelos alunos, e os autores podem atualizar os conteúdos, rememorando tudo o que foi dado no curso, revendo o que por ventura à época não foi bem absorvido e fazendo uma reavaliação no presente. Esse material compõe parte da farta produção de textos escritos, discussões em classe e vídeos temáticos assistidos no decorrer do curso, além das explanações de cada grupo na avaliação final.

A proposta é sempre buscar recriar o ambiente corporativo onde a convivência deve acontecer da forma mais harmônica possível, focada na produção da empresa como motivação principal.

Todos os conflitos são resolvidos nas aulas seguintes, de forma que a classe seja um laboratório, onde os erros e o acertos são discutidos como integrantes do processo de crescimento pessoal e profissional.

Cada grupo cria o seu próprio repertório a partir da contribuição cultural de cada indivíduo, para que se desenvolvam regras e uma ética própria a cada grupo, onde a solidariedade e o respeito são os principais valores.

3. TURMA 9 - Informática Básica a disciplina da turma atual.

Realizamos seis aulas até o momento (11 set) e buscamos passar todos os princípios básicos de software, hardware, peopleware, periféricos, dispositivos, sistemas operacionais, principais programas como o Word, Excell, Power Point, passando por aulas práticas de edição de textos, fotos, planilhas, seguindo a apostila como guia.

Outros princípios básicos são:
Foco no Mercado de Trabalho;
Demonstrar de forma prática e descomplicada como criar um armazenamento de dados, a partir das próprias capacitações, características, potencialidades, interesses e sonhos dos indivíduos do grupo, terminando o curso com todas as informações individuais e do entabuladas e organizadas, inclusive com auto-avaliações de cada etapa do processo;
Exercícios de criação de textos, diagramação, edição e envio de e-mails, apresentações, criação de planilhas e tudo que diz respeito à informática Básica;
Esse material didático atualizado regularmente fica para futuras consultas;
Procurar reproduzir o ambiente profissional através da postura;
Fazer o aluno se sentir num laboratório onde tudo pode ser experimentado;
Senso crítico e solidário no aprendizado, privilegiando o coleguismo;
Uso consciente e responsável dos computadores e plataformas móveis;
Consciência de que se deverá Imprimir cada vez menos, portanto, habituar-se cada vez mais aos trabalhos na nuvem e colaborativos;
Cuidados com a segurança

Na parte técnica, ocupamos todos os dias a sala de Informática e foi proposto aos alunos criarem um arquivo pessoal, onde a cada aula vão inserido o conteúdo apreendido da aula como fonte de consultas futuras. A ideia é que esse arquivo se transforme num site e represente a aplicação prática de todo o aprendizado teórico, além de demonstrar a evolução passo a passo do aluno na qualidade da interface que cada um vai criando para si, demonstrando seus conhecimentos nos vários formatos de edição.

O arquivo evoluirá para um endereço pessoal na web com o material estudado de forma personalizada, podendo haver liberdade de criação e soluções individuais.

Também debatemos temas polêmicos como a segurança na internet e a necessidade de atenção aos riscos iminentes que um profissional expõe a sua empresa, quando divulga inadequadamente a sua vida pessoal.

Sempre lembrando que o foco dos nossos estudos é o Mercado de Trabalho, portanto a eficiência no convívio compartilhado é fundamental tanto quanto o conhecimento técnico sólido.

Todos os arquivos foram criados e estão armazenados no Google Drive, compartilhados com o professor, com a diretora pedagógica dos cursos, coordenação e direção do IBFC.

Todo o material desenvolvido, relatórios, fotos, blogs, agenda, textos e avaliações estão disponíveis para consulta e discussão.

Turma 8
Parabéns pela formatura!!!
IBFC - Turma 8 - Supervisão: Prof. José Augusto Maia Baptista - Guto Maia
Responsável pelas disciplinas:
Informática Básica, Comunicação, Liderança, Marketing Pessoal, Mídias Sociais e Direitos Humanos – Orientação Sexual, Raça, Etnia, Idade, Credo Religioso, Opinião Pública, Meio Ambiente.

Contato com o professor:
Fones: 11 33134337 / 993784603 / 976445061
entreexclusiva@gmail.com
maiagutomaia@gmail.com
maiagutomaia@hotmail.com

Sites:
http://orquestradetalentos.blogspot.com.br/
http://orquestradetalentosbeta.blogspot.com.br/
http://orquestradetalentos9.blogspot.com.br/

Última atualização 22/set/2015)