sexta-feira, 5 de junho de 2015

O requinte estético do poeta Jeová Santana

Contista e Poeta.
Graduado em Letras, Mestre em Teoria Literárias e Doutor em Educação
Jeová Santana nasceu em Maruim, Sergipe, em 1961.
É graduado em Letras pela Universidade Federal de Sergipe, mestre em Teoria Literária pela Universidade Estadual de Campinas, doutor em Educação: História, Política, Sociedade: Educação e Ciências Sociais, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Publicou Dentro da casca (1993), A ossatura (2002), Inventário de ranhuras (2006 e poemas passageiros (2011)). Tem textos publicados nos "sítios" Balaiodenoticias (Aracaju), Cronopios (São Paulo), Panoramadapalavra (Rio de Janeiro), Veropoema (Teresina), nos jornais Cinform e jornal da Cidade (Aracaju) e nas revistas Cult (São Paulo), Língua Portuguesa (São Paulo) e Revista da Poesia Brasileira (Rio de Janeiro) entre outros.

Trabalha como professor na rede pública de ensino em Aracaju.

Nesta cidade atualmente produz e apresenta o programa "Mestres e Músicas", na rádio Aperipê FM,voltado para professores e artistas em geral.

Também é professor de Literatura Brasileira, - Fundamentos da Crítica Literária e Teoria Literária na Universidade Estadual de Alagoas, no Campus de União dos Palmares.


Na página  https://www.facebook.com/poesianecessaria?ref=ts&fref=ts, gerenciada por Thiago Correia,  há imagens e textos da estreia do poeta em Maceió, performances, leituras, lançamento do Poemas passageiros em Sampa etc. 

Alguns professores ao apresentar o poeta para seus alunos, têm obtido um bom diálogo com "Relatos frios" (Inventário de ranhuras),  e Poemas passageiros.